Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Trabalhadores precisam-se!

Rui Cepeda, 02.10.11

Há coisas que me deixam estupefacto... Uma delas é todas as semanas escutar queixas de produtores de leite que não conseguem ter trabalhadores portugueses! O ponto comum é incluírem um vencimento líquido á volta dos 700 euros, não oferecem emprego, oferecem trabalho, mas a dureza do trabalho de campo já lá vai. Não existe uma carga física brutal como no passado, há uma mecanização de praticamente todas as tarefas. Não exigem experiencia, apenas gosto pelos animais e vontade de aprender. Os horários podem não ser os melhores e é verdade que não há vacarias na Av. da Liberdade... Mas mesmo assim me parece incompreensível!

 

 

É incrível num país com mais de 10% de taxa de desemprego, empresários que oferecem cerca de 150% de um salário mínimo por um funcionário não qualificado tenham que se contentar com imigrantes com quem não conseguem comunicar ou indivíduos com sérios problemas de produtividade. Muitas coisas muito erradas se passam neste jardim à beira mar plantado...

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2