Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Grande Bastonário!

jfd, 08.09.08

Há médicos que ganham 2.500 euros numa urgência de 24 horas num hospital público, quando contratados por empresas privadas. Alguns pertencem ao quadro da unidade de saúde onde fazem o "banco" através da empresa.

Anestesiologia, obstetrícia ou pediatria são especialidades em que há falta de profissionais. A solução tem passado pelo recurso a empresas privadas de médicos que cobram valores muito superiores aos pagos por hora extraordinária aos profissionais dos quadros dos hospitais.

As empresas privadas recrutam os médicos nas urgências hospitalares, a quem convidam para realizar "bancos" em determinados hospitais.

Por se tratar de uma situação comum a hospitais em todo o país, alguns médicos chegam a ser convidados pelas empresas - através de um telefonema ou por correio electrónico - a irem prestar "bancos" em hospitais em cidades distantes daquelas onde trabalham.

(...)

 

O bastonário da Ordem dos Médicos está ao corrente desta situação. "Ninguém pode criticar os médicos por quererem ganhar mais. Não foram os médicos que inventaram a empresarialização dos hospitais", disse à Lusa.

 

http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/401238

10 comentários

Comentar post