Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Sócrates, o ilusionista ou o mentiroso?

Margarida Balseiro Lopes, 12.09.08

O nosso PM ganhou as eleições legislativas em 2005, graças a várias promessas eleitorais que tem, sistematicamente, desrespeitado ou falseado resultados.

 

Senão vejamos: há um mês atrás pavoneava-se, na comunicação social, por ter criado 130 mil novos postos de trabalho. Hoje, o Jornal de Negócios deslinda estes números: 30% dos empregos da era Sócrates estão no estrangeiro. Terá criado 98 mil, ao invés dos 133 mil anunciados.
No que toca ao ensino profissionalizante, este governo quer a todo o custo duplicar as suas vagas. Serão ministrados milhares de cursos profissionais, ao longo do próximo ano lectivo, em salas de aulas que não estão minimamente dotadas para tal, nem os docentes vocacionados para este tipo de ensino.
Nos últimos dias, o país tem sido invadido por uma assustadora onda de violência, que mereceu já a atenção deste executivo. A solução encontrada: alterar a lei das armas.
Hoje, o mesmo PM que pugna pelo facilitismo na Educação, que solicita aos professores mais exigentes que não corrijam exames nacionais, que permite que os alunos faltosos transitem de ano sem atender minimamente ao seu empenho e assiduidade, afirma querer premiar o mérito dos alunos e incentivar o seu amor à escola.
Teremos um PM capaz de passes de mágica ou que padece da síndrome do pinóquio?

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2