Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Que mundo é este?

Diogo Agostinho, 25.03.09

Que vivemos apenas e só para nós?

 

Em que pais se esquecem de filhos nos carros? Em que apenas a prioridade é o trabalho, o carro, a roupa de marca e o melhor telemóvel e portátil?

 

Que mundo é este em que observamos pais a comprarem brinquedos, roupas e playstations em vez de darem carinhos, beijinhos e afectos?

 

Que mundo é este em que as pessoas querem estar sozinhas, isoladas e cheias de sucesso, com tostões nos bolsos, ao invés de partilharem e de conviverem? De amarem? 

 

É um mundo fechado sobre si mesmo, é um mundo com uma crise de afectos. O que falta? Paixão! Paixão pelo que fazem e desapego. Falta voltar ao tempo do homem das cavernas, em que depois da caça para comer, se convivia em família.

 

Viva-se com intensidade! Mas viva-se sobretudo com amor.

12 comentários

Comentar post