Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Um comunista

Paulo Colaço, 10.06.09

Já aqui o disse: para mim, o único erro político (ainda que pouco relevante) deste PSD foi ter apresentado um nome para ir a votos para Provedor de Justiça.

Creio que deveria ter apoiado um candidato de outra força. Boa malha era apoiar o candidato do PCP. Assim, impedia qualquer hipótese de Jorge Miranda ser eleito (CDS nunca votaria nele e apenas PS e BE não o elegeriam).
 
Isto, para além do facto de ser politicamente interessante a mensagem: não estamos cegos pelo cargo.
Até porque o mesmo argumento do PSD contra a hipótese de um Provedor “amigo” do PS serve para o PSD: estando apostado em ganhar as próximas legislativas, qual a moral do PSD em querer um Provedor da sua área?
 

Serve este post para lançar um bom nome para Provedor: um humanista, um homem sério, que conhece as instituições por dentro, um antigo deputado muito respeitado. O comunista Octávio Teixeira.

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/2