Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Tiro no pé!

Diogo Agostinho, 16.07.09

 

Paulo Rangel é a mais recente estrela do panorama político. Venceu umas eleições nacionais, correu o país, apresentou ideias (um dado novo!!) e demonstrou ser uma pessoa séria a credível. Foi com espanto e tristeza que assisti às manchetes a abrirem a porta a um eventual regresso a Portugal, no dia em que tomava posse como Eurodeputado.

 

Descontando as tiradas fenomenais da comunicação social, acho que foi um tremendo erro político colocar essa hipótese em cima da mesa. Numa altura em que Ana Gomes e Elisa Ferreira estão de rastos, são declarações como estas que colocam o PSD numa posição frágil.

 

Bem sei que vai existir a partir de Outubro uma corrida ao lugar no Governo de Manuela Ferreira Leite, mas não é preciso estar já a correr ou admitir cenários. O recato por vezes também é bom conselheiro.

 

Rangel foi um bom líder parlamentar e espero que seja um bom Eurodeputado, pensar em ser Ministro é legítimo, mas não precisa de dizer, sobretudo nesta altura. Quanto ao seu futuro, bem, acho que será sempre um bom apoio para qualquer líder do PSD.

4 comentários

Comentar post