Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

E nas Distritais também há novidades...

jfd, 13.10.09

Os resultados das autárquicas de domingo começam a ter efeitos no aparelho PSD. Em Lisboa, o líder distrital lisboeta, Carlos Carreira, vai convocar uma assembleia distrital e pondera deixar o cargo.

Estou inclinado para não me recandidatar”, afirmou ao PÚBLICO Carlos Carreira, que entrou em ruptura com a direcção de Ferreira Leite por causa das listas de deputados, em Julho.

Nos três concelhos em que somos poder reforçámos a votação”, afirmou. Mas isso não basta. Agora, passadas as autárquicas, a distrital assume não ter conseguido todos os seus objectivos, como por exemplo ganhar Odivelas ou manter-se segunda força em Oeiras, a que se junta a derrota de Santana Lopes em Lisboa.

O mandato da distrital acaba em Novembro pelo que Carreiras admite não voltar a candidatar-se.

Mas não é só em Lisboa que os resultados tiveram efeitos. Em Coimbra, José Manuel Canavarro, militante do PSD e apoiante de Pedro Passos Coelho, responsabilizou a distrital do partido, liderada por Pedro Machado, pela perda de três câmaras nas eleições de domingo – Oliveira do Hospital, Penacova e Figueira da Foz.

A Comissão Política do PSD de Coimbra reúne-se hoje à noite para analisar os resultados das autárquicas no distrito.

Público

 

Também a Distrital de Setúbal se demitiu...

 

12 comentários

Comentar post