Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Best of

Essi Silva, 22.09.10

 

Diz-me o Expresso, que estes foram o top da nossa Educação.

A curiosidade levou-me a querer saber mais.

 

São quase todos do Norte do país.

Pergunto-me porquê. Porque as burocracias do Ministério da Educação  não chegam à DREN? Porque os professores no Norte são melhores? Porque a mentalidade dos alunos é melhor?

Não sei. Mas assusta-me saber que a qualidade vem quase toda do Norte de Portugal.

 

Outra coisa que me assusta, é o nosso Top Student, nunca ter acabado o ensino secundário. A Matemática afastou-o das pretensões de acabar o secundário. Para contornar o problema, no ano passado, inscreveu-se em dois módulos (Saberes Fundamentais e Gestão) num Centro de Novas Oportunidades em Esposende. Em meses teria a equivalência, que com um exame de Inglês com nota de 20 lhe permitiu entrar no curso de Tradução da Universidade de Aveiro.

 

O problema da sua média, que lhe permitiu ser o nº 1 do país, com a média de 20, é que não tem em conta as notas do secundário - que não terminou - e baseia-se apenas no exame nacional de Inglês, o único que teve de fazer para entrar em Tradução e onde conseguiu nota máxima. Tentou ainda concorrer ao curso de Biologia, mas a prova deingresso não foi além dos 7,4 valores.

 

Para além de querer saber porque é que o Norte é claramente melhor, preocupa-me saber que numa questão de meses um aluno tenha uma auto-estrada através das Novas Oportunidades que lhe permitem passar à frente de outros alunos, que em 3 anos se esforçaram para poder ter uma Oportunidade.

14 comentários

Comentar post