Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Hora da limpeza!

Catarina Rocha Ferreira, 08.10.10

Andamos à nora de dinheiro, aplicamos medidas de austeridade, no entanto, podemo-nos gabar das inúmeras fundações, conselhos nacionais, comissões, gabinetes e institutos que temos - todos públicos, com nomes pomposos, para todos os gostos, feitios e necessidades.

 

Atento à lamentável falta de organização e racionalização destes organismos públicos, alguns com duplicações e sobreposições de funções, outros perfeitamente inúteis, Marques Mendes apresentou ontem uma lista com dezenas de exemplos de entidades públicas que o Governo pode perfeitamente extinguir. (Poder extinguir, pode. Mas quererá?!)

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2