Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Primárias 2016

Diogo Agostinho, 25.01.11

Sempre ouvi dizer que o poder efectivo de um candidato se esgota no momento da sua eleição. Ou seja, quando se é candidato no dia em que vence as eleições, as preocupações desviam-se logo (em caso de não reeleição) para quem vem depois. É humano! Faz parte de todos nós olhar à volta e pensar: "Este já está, quem se segue?".

 

Nesse sentido creio que desde domingo começaram as primárias para as Presidenciais 2016. E candidatos a candidatos não faltam...

 

Quer à esquerda:

 

    

 

Quer à direita:

 

   

30 comentários

Comentar post