Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Os portugueses merecem saber o estado em que deixaram o Estado!

Guilherme Diaz-Bérrio, 24.03.11

 

 

 

 

É previsivel que tenhamos eleições daqui a dois meses. 

 

Também era previsivel esta jogada - que não tem outro nome! - de José Socrates: o PM agora demissionário sabia que não passava de Abril com o pico de financiamento de 20 mil milhões de euros, seguido pelo pico de financiamento de Junho. Se chegasse a Abril, a culpa seria dele. Provocando a crise, tenta passar a culpa para o PSD.

 

O PS no seu melhor: a fazer tactica política da situação do País.

 

Eu faço apenas uma mini-sugestão:

Em dois meses facilmente se dá uma "vista de olhos" às Contas Públicas, e se verifica a real dimensão do buraco e das responsabilidades. E do que está fora das contas!

 

Os portugueses têm de votar, com real conhecimento do Estado em que o PS deixa o País. Os valores podem "ir para norte" de 80 mil milhões de necessidades de financiamento nos próximos anos.

 

10 comentários

Comentar post