Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Quantos foram?

Ricardo Campelo de Magalhães, 03.03.13

Já sei que aquela malta não percebe nada de números, mas atentem nestas imagens agregadas pelo AAA d'O Insurgente:


500.000 pessoas (no mínimo) no Terreiro do Paço, na manifestação de ontem
terreiro-do-pac3a7o

 

80.000 a 100.000 pessoas no Terreiro do Paço, na visita de Bento XVI a Portugal
Bento-XVI

 

20.000 a 30.000 pessoas (no máximo) no Terreiro do Paço, algures num passado remoto

 

É caso para dizer que os Portugueses grandes de antigamente foram substituídos por Mini Me's.

1 Milhão...

Miguel Nunes Silva, 03.03.13

... é o número de Portugueses que preferem ter políticos que lhes mintam a políticos que lhes digam a verdade.

... é o número de Portugueses que só reconhecem direitos em democracia mas não deveres.

... é o número de Portugueses que merecem Sócrates de volta.

 

... é o número de Portugueses que condenam os jovens ao desemprego e os mais desfavorecidos à miséria, defendendo os interesses estabelecidos das corporações e subsidio-dependentes.

 

Infantilidades no 2 de Março

Ricardo Campelo de Magalhães, 02.03.13

Reivindicações dos dias de hoje – Simultaneamente:

  • Menos impostos – São muito altos, matam a Economia e provocam desemprego.
  • Mais despesa – Há que manter o Estado Social. E o estímulo à Economia. E a cultura. E…
  • Não paguem aos usuários – Mas eles que continuem a financiar o Estado Português.
  • A mim não – Se há que fazer cortes, cortem noutro sector. No meu não dá jeito.
  • A festa é fixe pá – Não há uma alternativa clara e logo não haverá consequências políticas. Mas ao menos a malta juntou-se e esteve junta.

Já agora, ficam aqui o artigo do João Cortez sobre as “propostas” do PS.